The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

O uso da cerâmica e suas vantagens

O uso da cerâmica e suas vantagens
Pin It

O uso da cerâmica na construção está consagrado a milhares de anos, em todos os continentes. No Brasil sua utilização na construção, como elemento de vedação, teve seu uso popularizado no início do Século XX e, como elemento estrutural, sua difusão se deu com maior ênfase a partir dos anos 50.

Com a popularização do concreto, a cerâmica teve sua aplicação voltada para o sistema de vedação sendo que a aplicação de alvenaria estrutural tem crescido nos últimos 30 anos, crescendo paulatinamente em quase todos Estados do Brasil.

A grande resistência térmica, quando comparada aos blocos de concreto e com o sistema de alvenaria em parede de concreto, concede a cerâmica um fator positivo na qualidade do ambiente construído.

Material leve com menor reflexo de carga para as fundações e de grande capacidade estrutural, a cerâmica vermelha mostra crescente utilização no sistema estrutural, pois atende a todos os quesitos da Norma de Desempenho (ABNT NBR 15.575:2013). Além de fácil manuseio e movimentação na obra, principalmente nas obras voltadas para o Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

Para habitações de interesse social, o sistema traz grandes vantagens, seja nos conjuntos horizontais seja nos conjuntos verticais de baixa densidade, por também atenderem a Norma de Desempenho.

Pesquisa encomendada pela Associação Nacional da Indústria Cerâmica (Anicer), realizada pela Quantis Consulting, empresa canadense para certificação de tecnologias, na qual se avaliou o ciclo de vida deste material, apresentou dados importantes como: cada metro quadrado de parede executada com blocos cerâmicos consome 65% a menos de água que o bloco de concreto e 84% menos que o sistema de paredes de concreto. Já a avaliação do impacto na emissão de gases de efeito estufa, o sistema influencia 83% menos que o processo construtivo de paredes de concreto. Estas características dão à cerâmica vermelha, a certificação da sustentabilidade ambiental para sua utilização.

Os blocos cerâmicos com furos verticais, quando utilizados para vedação no processo de alvenaria racional já estão consolidados entre as maiores construtoras do País, seja pela sua qualidade, seja na diminuição do consumo de argamassa, na produtividade, na possibilidade de passar instalações elétricas dentro dos furos dos blocos evitando retrabalho, menor consumo de revestimento e a possibilidade de aplicação de revestimento de gesso com espessuras muito esbeltas gerando o mínimo de entulho na obra. Isto faz com que seu custo final seja mais barato que o sistema convencional. Tais vantagens são possíveis pela qualidade dimensional dos blocos e pela perfeita engenharia de produção que permite a produção de todas as peças de complemento necessárias, evitando cortes em obra.

O setor tem avançado na formulação de normas para melhorar a qualidade dos materiais oferecidos ao mercado, seja nas certificações do Programa Setorial de Qualidade (PBQP-H), certificação do Inmetro e nas normas setoriais que estão em fase de revisão.

A ABNT NBR 15.270:2005 – Componentes Cerâmicos, encontra-se em fase de consulta pública. Já a Norma ABNT NBR 8545:1984 – Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos cerâmicos – Procedimento, deverá estar em consulta pública em breve e a revisão da 15812:2010 Alvenaria Estrutural – Blocos cerâmicos, já se encontra na fase de indicação de comitê, prometendo promover a junção com a norma de blocos de concreto, englobadas em apenas uma única norma.

Com a promulgação da Norma de Desempenho, o setor se mobilizou em oferecer materiais específicos para seu atendimento tais como blocos acústicos, sistemas mistos com a adição de Vermiculita Expandida nos furos dos blocos, que conferem ao sistema excelente desempenho. No quesito resistência ao fogo tem grande resistência, por ser um material que já passou no seu processo de fabricação a queima de cerca de 900º.

Com todos estes fatores a cerâmica tem grandes vantagens seja no sistema de vedação ou no do estrutural, pois oferece também peças com as resistências específicas para cada projeto.

Somadas as iniciativas de inovação e certificação que o setor vem implementando, a cerâmica vermelha deverá nos próximos anos oferecer novos produtos à realidade tecnológica da construção.

VANDERLEI LOPES,
arquiteto, diretor técnico da Cerâmica City

Pin It

Cadastre seu e-mail

Saiba das novidades em primeira mão.
Cadastre-se em nosso portal.