The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

PRÊMIO CONSTRUIR MAIS

PRÊMIO CONSTRUIR MAIS
Pin It

PELO SEGUNDO ANO CONSECUTIVO, SINDUSCON-GO REALIZA CERTAME VOLTADO AO RECONHECIMENTO DE BOAS PRÁTICAS

O Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO) realizou no último dia 13 de novembro, no Teatro Sesi, em Goiânia, a solenidade de premiação do “Construir Mais – 2º Prêmio Sinduscon-GO de Boas Práticas”. Na categoria Inovação, a vencedora foi a Conenge Construções e Engenharia, com o projeto “Transformando em Textura”; na categoria Saúde e Segurança no Trabalho, a campeã foi a Toctao Engenharia, com o projeto “Trabalho pela Vida”. Na categoria Meio Ambiente, a vencedora foi a Agência Goiana de Habitação (Agehab), com o “Programa Casa Solar”; e na categoria Responsabilidade Social, a campeã foi a Newinc Construtora, com o “Programa Social Newinc”.

Em seu pronunciamento, o presidente do Sinduscon-GO, Carlos Alberto Moura, enalteceu que “estamos aqui para celebrar o reconhecimento público dos esforços do setor da construção em produzir de forma cada vez mais sustentável, socialmente responsável, segura e inovadora, desta maneira agregando valor à atividade em benefício de todos os envolvidos e da sociedade brasileira”, destacou. O líder afirmou que as boas práticas desenvolvidas pelo setor da construção atestam que é perfeitamente viável produzir sem provocar, ou minimizar, os chamados danos inerentes, ou atribuídos, à essência da nossa atividade produtiva.

Ele também destacou que a finalidade do “Construir Mais − 2º Prêmio Sinduscon-GO de Boas Práticas”, é apoiar o desenvolvimento contínuo e sustentável da indústria da construção e criar junto à sociedade uma imagem positiva do trabalho desenvolvido pelo setor, por meio da identificação, reconhecimento e premiação dos esforços e iniciativas de destaque, consideradas Boas Práticas.

Carlos Alberto Moura aproveitou o momento para enumerar as principais atividades que realizou durante seus quatro anos e meio à frente da Presidência do Sinduscon-GO, já que ocorreu no último dia 1º de novembro eleição na entidade, tendo sido eleito em chapa única o empresário Eduardo Bilemjian Filho (Bilenge Construtora), a quem desejou uma excelente gestão, juntamente com sua Diretoria, para o triênio 2018/2021.

“Há muitos anos participando da lide classista, sempre soube que, ao assumir o Sinduscon-GO teria um enorme desafio pela frente, já que a indústria da construção tem um papel social e econômico importantíssimo no nosso Estado e no de Goiânia, 33% do PIB”, disse Moura. Ele ressaltou que buscou atuar na melhoria do ambiente de negócios e da segurança jurídica para o setor da construção.

Além disso, enalteceu sua atuação firme junto à Câmara Municipal de Goiânia, Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, Prefeitura de Goiânia e Governo do Estado de Goiás visando participar das discussões sobre os principais assuntos que direta ou indiretamente pudessem interferir na indústria da construção. Destacou a criação do Programa Tesouro Verde com a comercialização de Créditos de Floresta; a parceria com o Núcleo de Proteção aos Queimados, no qual o Sinduscon-GO prestou apoio na realização de várias iniciativas destinadas a minimizar o sofrimento das pessoas assistidas pela instituição; e a realização em Goiânia do 84º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic).

materia de capa carlos alberto

Entre as parcerias institucionais com entidades empresariais e governamentais, várias ocorreram tendo à frente o Sinduscon-GO, como a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese), e do Fórum Goiano da Habitação (FGH), formado pelo Sinduscon-GO, Ademi-GO e Secovi-GO. Também destacou as ações realizadas com a Caixa Econômica Federal, Agehab, Saneago, Celg e as Prefeituras Municipais. “Trabalhamos de forma muito unida, o que fez a diferença para que conseguíssemos caminhar com grandes projetos.

Acreditamos que dessa maneira contribuímos para pensar proativamente o futuro”, finalizou Carlos Alberto Moura.

BOAS PRÁTICAS VENCEDORAS

CATEGORIA SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO

TOCTAO ENGENHARIA

Projeto Trabalho Pela Vida

O projeto busca contribuir para a melhoria da condição social dos trabalhadores da indústria da construção. Isto se dá por meio da promoção de melhores padrões do ambiente de trabalho e áreas de vivência humanizadas, que proporcionem melhor qualidade de vida aos colaboradores dentro do canteiro, promoção de procedimentos de gestão para garantia da saúde e segurança no trabalho, adicionado a um programa de capacitação e valorização dos colaboradores.

materia de capa toctao1

A organização entende que um ambiente de trabalho edificado sob uma conduta ética e responsável para com seus colaboradores passa pelo respeito aos direitos trabalhistas, fomento ao bem estar das pessoas, e atuação transparente e justa cumprindo todas as leis e mandamentos, bem como pela implementação de boas práticas voluntárias. Desse modo os colaboradores passam a confiar na organização e internalizam os valores da empresa como sendo próprios.

materia de capa toctao2

Os resultados do projeto são demonstrados por meio de um conjunto de indicadores, que ratificam o alto investimento nas ações relacionadas, e por meio da efetividade prática que apresenta cada vez menos ausências por doenças e acidentes de trabalho, além da vontade latente dos colaboradores em permanecer na empresa, observada a partir do depoimento dos mesmos.

CATEGORIA MEIO AMBIENTE

AGÊNCIA GOIANA DE HABITAÇÃO (AGEHAB)

Programa Casa Solar

Uma experiência inovadora de eficiência energética e inclusão social em moradias populares em Goiás, que oferece às famílias de baixa renda participantes dos programas habitacionais, moradias com aplicação de recursos tecnológicos voltados à sustentabilidade ambiental e social. O projeto contempla a unidade habitacional com eficiência energética por meio da geração solar fotovoltaica e doação de lâmpadas de alta eficiência. Além disso, realiza capacitação técnica, treinamento para a instalação do sistema e proporciona o envolvimento da comunidade nas palestras de conscientização e uso racional de energia.

materia de capa agehab1

A prática utiliza os recursos naturais energéticos, com a aplicação da energia solar como meio indutor da promoção do desenvolvimento sustentável e social em moradias populares, controla tanto os níveis de degradação e impacto ambiental, quanto as despesas domésticas das famílias que poderão investir em melhor qualidade de vida.

materia de capa agehab2

 CATEGORIA RESPONSABILIDADE SOCIAL

NEWINC INCORPORADORA E CONSTRUTORA

Programa Social Newinc

materia de capa resp social1

Programa de transformação social que abrange diversos aspectos da responsabilidade social, como a educação, saúde e bem estar, relacionamento com o entorno e meio ambiente. Todos eles diretamente relacionados com o conceito de sustentabilidade, que é o cerne da empresa. Dentre as ações que fazem parte do Programa estão:

  • Viva Educação: Parceria com o Sesi, que disponibiliza cursos de capacitação profissional e aulas complementares à formação educacional dos colaboradores, durante o período de execução da obra.
  • Saúde e Bem Estar: Parceria com o Serviço Social da Indústria da Construção (Seconci) e com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que oferece ao colaborador e sua família acesso fácil e de qualidade à assistência médica, odontológica e psicológica, sem nenhum custo repassado ao mesmo.
  • Vizinhança Amiga: Canal de comunicação entre a comunidade do entorno e a obra, visando saciar anseios, auxiliar nas necessidades vivenciadas pela população local e deliberar atividades mitigadoras.
  • Viva Casa: Ação que incentiva e promove a educação socioambiental, revertendo toda a economia gerada com a gestão de resíduos para a realização do sonho da casa própria dos colaboradores.

materia de capa resp social2

CATEGORIA INOVAÇÃO

CONENGE CONSTRUÇÕES E ENGENHARIA

Projeto Transformando em Textura

materia de capa inovacao1

Visando principalmente minimizar os impactos ambientais gerados com o descarte do gesso na indústria da construção, a empresa iniciou os estudos para transformar este material em um produto que pudesse ser utilizado dentro da própria obra e solucionar a grande dificuldade de destinação desse resíduo, além de reduzir a utilização de caçambas nas obras e a diminuir custos.

Assim, conseguiu desenvolver um traço de tinta texturizada, na qual são utilizados 100% dos resíduos de gesso que seriam descartados. Essa tinta texturizada é reaplicada na própria obra, o que traz grandes benefícios ambientais e econômicos.

materia de capa inocacao2

COM A PALAVRA, OS VENCEDORES

resp social iconBuscamos agregar itens focados em sustentabilidade em todos os nossos projetos, contribuindo para um estilo de vida rumo a um futuro melhor, em que valores sociais e ambientais são desenvolvidos e inseridos em toda a nossa cadeia produtiva, desde a viabilidade até o empreendimento final.

venc 1Certames idôneos como o Prêmio Construir Mais disseminam na sociedade ações sustentáveis. Sermos reconhecidos e premiados por nossas atividades mostra a todos que é possível e viável fazer diferente, fazer mais.

A Newinc há 15 anos busca traduzir em todos os seus projetos o conceito de sustentabilidade e para nós, ganharmos o Prêmio Construir Mais na categoria de Responsabilidade Social pelo “Programa Social Newinc” reitera que estamos trilhando o caminho da sustentabilidade com êxito e, principalmente, atingindo um dos nossos maiores objetivos que é a transformação social.

Claudio de Carvalho Borges, presidente da Newinc

inovacao iconSustentabilidade, apesar de palavra incidente nos tempos atuais, faz parte da realidade da Conenge desde sua fundação em 1986. A busca por inovações com o intuito de minimizar os impactos dos resíduos gerados da construção, diretamente no meio ambiente, tem sido um procedimento habitual dentro da empresa, proporcionando diversos processos em nossas obras.

venc 2A construção civil é uma das principais áreas de importância da economia do país, porém todo esse potencial exige uma grande utilização dos recursos naturais. O descarte indiscriminado destes resíduos geram grandes impactos de ordem ambiental, econômico e social.

Parabéns ao Sinduscon-GO que, com o Prêmio Construir Mais, já em sua segunda edição, vem prestar verdadeiro reconhecimento às empresas por suas iniciativas de inovação e de boas práticas, e a divulgação de métodos e trabalhos praticados pelas empresas.

Santos Benicio Tavares, diretor técnico da Conenge

seg trab iconvenc 3O Grupo Toctao se orgulha de fazer parte, pela segunda vez, do Prêmio Construir Mais de Boas Práticas e de sagrar-se vencedor na categoria Saúde e Segurança no Trabalho. Para nós é de extrema importância ver os esforços na busca pela excelência nos nossos processos, na qualidade de nossos produtos e na segurança de nossos colaboradores premiada e reconhecida. Uma vez que investimos em sistemas gerenciais modernos, aliando conhecimento técnico, planejamento e pesquisa, para chegarmos a soluções construtivas sustentáveis, eficientes e inovadoras, tendo como base o investimento no nosso colaborador. Esse prêmio vem coroar um trabalho de 21 anos, implementando procedimentos que foram certificados e que muito nos honram: ISO 9001, desde 2001; SiAC/PBQP-H, nível A; ISO 14001:2004 e Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho OHSAS 18001: 2007.

Bruno Alvarenga de Menezes, diretor de produção da Toctao

meio ambiente iconIdealizado pelo ex-presidente da Agehab e atual deputado federal, Marcos Abrão, o Programa Casa Solar é resultado de constantes tentativas de incorporar inovação e sustentabilidade às moradias de baixa renda participantes dos programas habitacionais realizados pelo Estado de Goiás.

venc 4A conquista do “Prêmio Construir Mais − 2º Prêmio Sinduscon-GO de Boas Práticas” é um marco para o Programa Casa Solar e para a Agehab pois, além de incentivar ações inovadoras e que demonstram preocupação com a sustentabilidade, a aplicação da energia solar é um meio indutor do desenvolvimento social, econômico e ambiental, uma vez que gera redução tanto dos níveis de impacto e degradação do Meio Ambiente, quanto das despesas domésticas destas famílias, que poderão investir em melhor qualidade de vida.

Uma ação viável e bem-sucedida causa um “efeito multiplicador” na indústria da construção regional e nacional. Além disso, a capacitação técnica dos beneficiários residentes nestes conjuntos habitacionais abre mais uma porta na geração de emprego e renda.

Marcel Bruno S. e Souza, diretor técnico da Agência Goiana de Habitação

COMISSÃO AVALIADORA

materia de capa comissao avaliadora1Também foram finalistas do certame na categoria Inovação, a MCA Engenharia e a Rodrigues da Cunha Construtora e Incorporadora; na categoria Saúde e Segurança no Trabalho, a EBM Desenvolvimento Urbano e Incorporações e a Pontal Engenharia Construções e Incorporações; na categoria Meio Ambiente, a Conenge Construções e Engenharia e a Pontal Engenharia Construções e Incorporações; e na categoria Responsabilidade Social, a Dinâmica Engenharia e a Vega Construtora e Incorporadora.

A seleção das três melhores práticas em cada uma das quatro categorias foi realizada por um júri composto por profissionais de reconhecido conhecimento técnico atuantes nas instituições que ofereceram apoio técnico à iniciativa, são elas: Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP); Associação Goiana de Engenheiros de Segurança do Trabalho (Agest); Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC); Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO); Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro); Universidade Federal de Goiás (UFG), Serviço Social da Indústria da Construção (Seconci Brasil) e Uni-Anhanguera.

O certame recebeu, ao todo, a inscrição de 35 trabalhos, sendo 09 na categoria Meio Ambiente, 06 em Saúde e Segurança no Trabalho, 12 em Inovação e 08 na categoria Responsabilidade Social. As empresas vencedoras receberam o “Troféu Construir Mais” em sua respectiva categoria, assim como Certificado de Participação. O profissional que coordena cada uma das boas práticas vencedoras do “Prêmio Construir Mais” foi agraciado com uma inscrição, passagem e hospedagem para o 90º Enic − Encontro Nacional da Indústria da Construção, que será realizado em Florianópolis (SC), no período de 16 a 18 de maio de 2018.

MENÇÃO HONROSA

Durante a solenidade, o Sinduscon-GO conferiu Menção Honrosa a duas importantes personalidades pelos relevantes trabalhos realizados em prol do fortalecimento da cadeia produtiva da Indústria da Construção: ao presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins; e à secretária nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves.

materia de capa mencao1

José Carlos Martins é presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção desde julho de 2014. Nascido no Rio Grande do Sul, é empresário e engenheiro civil, formado pela Universidade Federal do Paraná. Foi presidente da Ademi-PR e vice-presidente do Sinduscon-PR. Entre 2010 e 2012 exerceu a presidência do Comitê Nacional de Desenvolvimento Tecnológico da Habitação do Ministério das Cidades. Foi vice-presidente da CBIC de 2001 a 2014. Em meados de 2014 assumiu seu primeiro mandato como presidente da entidade e foi reconduzido para uma nova gestão em maio de 2017.

materia de capa mencao2Já Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves é arquiteta e urbanista, formada pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais, com especialização em Planejamento Regional e em Negócios Imobiliários. Iniciou sua vida profissional como chefe da Divisão de Pesquisa da Superintendência de Desenvolvimento da Capital da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, ingressando no Banco Nacional da Habitação em 1977, onde trabalhou como assessora da Gerência Regional e subgerente de Programas de Cooperativas.

Em 1988, passou a atuar como consultora da Câmara Brasileira da Indústria da Construção e como assessora da Confederação Nacional da Indústria. No Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço representou o segmento empresarial em diversos fóruns nacionais, dentre eles, no Conselho Nacional das Cidades e no Grupo de Trabalho da Agenda Tecnológica Setorial da Construção Civil. Atualmente, exerce o cargo de secretária nacional de Habitação do Ministério das Cidades e é sua representante suplente no Conselho Curador do FGTS.

PANORAMA E PERSPECTIVAS DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

materia de capa panorama1

Aproveitando a expertise de ambos os homenageados, o presidente da CBIC, José Carlos Martins, falou aos presentes no evento sobre o momento experimentado pelo Brasil, que em sua visão, é uma grande revolução, que os brasileiros não têm percebido. O primeiro ponto desta revolução citado por Martins foi a posição da taxa Selic em 7,5%, o que incentiva a retomada do investimento.

materia de capa erriquietaOutro ponto revolucionário apontado foi a Reforma Trabalhista, pois em sua visão ao valorizar o negociado sobre o legislado, se possibilita premiar quem de fato produz; outro ponto foi a mudança na forma de financiamento do associativismo, que fortalecerá a ação das instituições na defesa dos interesses legítimos de suas classes. A falta de capacidade de investimentos públicos no desenvolvimento do País, que requer melhoria na infraestrutura, segundo ele, também vai revolucionar a relação entre os entes públicos e privados, pois a abertura de parcerias será inevitável e as empresas devem se preparar, pois “será uma mudança estrutural intensa para o setor”, enfatizou. Martins ainda realizou homenagem ao atual presidente do Sinduscon-GO, Carlos Alberto Moura, que encerra sua gestão no final deste ano, por sua dedicação ao desenvolvimento do setor e do Estado de Goiás.

materia de capa marconi lateralJá Maria Henriqueta Arantes Ferreira Alves, apresentou o balanço da Política Nacional de Habitação e as previsões para 2018. Entre as novidades previstas para o próximo ano está a inclusão do Plano de Prestação de Serviço e Aluguel Social, que visa atender famílias de baixa renda que necessitem continuar habitando próximo ao trabalho e escola. A secretária também informou sobre o projeto orçamentário enviado para aprovação no Congresso, que destina R$ 5,2 bilhões para habitação em 2018. Ela convidou os presentes para apoiar a discussão da medida no Congresso junto a seus representantes, pois o direcionamento dos recursos é essencial para manutenção do Programa Minha Casa Minha Vida como o programa de Estado que ele é.

O governador Marconi Perillo, que também esteve presente ao evento participando da entrega das Menções Honrosas e do Troféu Construir Mais para as empresas premiadas, prestou homenagem ao presidente do Sinduscon-GO, agradecendo pelo apoio no desenvolvimento de políticas que promovem o crescimento de Goiás. Anunciou o investimento de R$ 331 milhões para a complementação de todas as obras que faltam para interligar o Sistema Mauro Borges e o Meia Ponte até 2018, envolvendo as cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia, Trindade e Goianira. Será realizada a transposição do linhão para solucionar o déficit e suprimento de água tratada nestas regiões. O governador ainda garantiu a manutenção do Programa Cheque Mais Moradia e assegurou que a Celg/Enel terá recursos suficientes para atender a demanda habitacional no Estado.

 

APOIADORES

O “Construir Mais – 2º Prêmio Sinduscon-GO de Boas Práticas” contou com o importante apoio da Arcelor Mittal, do Plano de Amparo Social Imediato (Pasi), Sicoob Engecred-GO e do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg). O fundamental patrocínio destas instituições contribuiu para a viabilidade da realização da segunda edição do certame.

materia de capa apoiadores

 
Pin It